O seu processo de vendas gera clientes promotores ou detratores?

Toda empresa que tem a jornada do cliente mapeada e gerenciada sabe que o momento da venda tem uma influência importante sobre os resultados das pesquisas de satisfação pós-venda.

Observando o cenário de várias empresas, vemos que uma parte importante dos clientes detratores apresentam elementos de insatisfação correlacionados com tudo o que envolve o momento da compra.

Sabemos que o cliente cria uma expectativa com o desempenho de um produto com base em tudo o que ele viu, ouviu, experimentou e percebeu enquanto estava pesquisando, negociando e efetivando a aquisição. O ponto é que a empresa não sabe o tamanho dessa expectativa e o quanto, o seu não atendimento, pode gerar um efeito totalmente contrário ao que é esperado.

Assim, torna-se importante que toda empresa centrada no cliente trate os processos e a equipe de vendas como corresponsáveis pela experiência do cliente, mas não só com a experiência no momento da compra, pois os efeitos positivos e negativos deste momento vão além disso.

5 PONTOS DE ATENÇÃO PARA QUE O MOMENTO DA VENDA GERE CLIENTES SATISFEITOS E PROMOTORES:

  1. Garanta que todas as informações sobre o produto ou serviço, apresentadas aos clientes durante suas buscas e pesquisas, em meios físicos ou digitais, sejam precisas e reais;
  2. Procure compreender claramente as necessidades do cliente para ter a certeza de que o produto oferecido tem potencial para atender ao que ele busca;
  3. Tenha uma abordagem comercial transparente e objetiva em relação ao potencial do produto, sem omissão de fragilidades ou de situações que, certamente, serão identificadas posteriormente pelo cliente;
  4. Esclareça e oriente o cliente em tudo que é importante saber para fazer o melhor uso possível do produto, inclusive com alertas sobre cuidados, riscos e restrições a serem observadas;
  5. Faça promessas sobre condições e prazos que possam ser cumpridos, seja para entrega, instalação, cadastro ou qualquer outra etapa requerida pelo processo de venda.

Empresas precisam vender e costumam ter metas agressivas, mas a boa venda é aquela que evita transtornos no uso do produto pelo cliente e o faz retornar para novas compras.

Empresas competitivas monitoram e criam diferenciais sobre as fraquezas de seus concorrentes. Por isso, dentro dos esforços para vender, deve-se buscar garantir que o cliente faça uma compra consciente, pois isso reduzirá o risco de insatisfações e de acionamentos evitáveis às áreas de atendimento e assistência técnica, aumentando as chances de sua fidelização ou lealdade.

Compartilhe essa postagem

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Outras postagens:

Quer saber mais?

Esclareça suas dúvidas!