A importância da satisfação do cliente interno

Sempre que mencionamos a palavra “cliente”, pensamos imediatamente nas empresas ou pessoas que contratam a nossa empresa para entregar um produto ou serviço. Pensamos sempre no cliente externo.
 
Por um conceito simplista, cliente é todo aquele que recebe algo. Não há nenhuma orientação que restrinja a definição ao cliente externo.
 
Pare um pouco e imagine quantos clientes internos precisam ser atendidos antes de se chegar à satisfação do cliente externo? Você acha possível se chegar à satisfação do cliente externo enquanto existirem clientes internos insatisfeitos?
 
Eu diria que isso é até possível, mas não para empresas orientadas à Excelência, que buscam patamares elevados de desempenho. Empresas que não tratam ou não se preocupam com a satisfação do cliente interno geralmente apresentam índices de retrabalho e custos internos desnecessários, que podem prejudicar a sua competitividade.
 
Faça a sua parte! Se a sua empresa não tem um programa corporativo de avaliação da satisfação do cliente interno, o que é desejável, procure saber o que estão achando do trabalho da sua área. Liste os seus clientes internos e pergunte a cada um deles em que você ou a sua área pode melhorar. Da mesma forma, você só poderá entregar um bom serviço se tiver a colaboração do seu fornecedor interno. Se você acha que há algo a melhorar nesse sentido, procure seus fornecedores internos e negocie as melhorias necessárias. Mas um detalhe importante, tudo isso precisa estar orientado à satisfação do cliente externo!
 
Somente com a consciência da importância dessa cadeia de valores entre fornecedores e clientes internos é que se consolida uma cultura de qualidade e de foco no cliente. E pode ter certeza que qualquer esforço ou investimento neste sentido, será percebido pelo cliente externo.

Compartilhe essa postagem

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Outras postagens:

Ana Silva

Vem aí uma nova Lei do SAC?

A qualidade do Serviço de Atendimento ao Consumidor já foi motivo de muitas discussões e continua sendo abordado desde sua vigência em 2008. Recentemente, este

Veronica Santos

O Poder da Voz do Consumidor

CLIENTES FELIZES E REALIZADOS COMPRAM MAIS E PROMOVEM A MARCA A internet tem sido uma ferramenta viabilizadora de inúmeras possibilidades para os consumidores. Poder saber

Quer saber mais?

Esclareça suas dúvidas!